google.com, pub-7458798567993008, DIRECT, f08c47fec0942fa0 2022 ~ Allifer School

08 agosto 2022

WOULD YOU LIKE

Hoje vamos aprender a usar uma expressão muito comum no inglês e também muito útil, que é would you like. Would you like significa “você gostaria?” e é uma expressão formal usada para fazermos perguntas do tipo “Você gostaria/quer fazer isso” ou “Você gostaria de/aceita isso”.

Ao usarmos would you like para perguntar se alguém quer fazer alguma coisa, a expressão sempre virá acompanhada de to. Veja as frases de exemplos:

Would you like to go to the movies?
Você gostaria de ir ao cinema?
Would you like to play cards?
Você gostaria de jogar cartas?
Would you like to dance with me?
Você gostaria de dançar comigo?
Would you like to earn more money?
Você gostaria de ganhar mais dinheiro?
Would you like to learn English?
Você gostaria de aprender inglês?

Já ao usarmos would you like para perguntar se alguém aceita alguma coisa, não é preciso usar o to.

Would you like some coffee?
Você gostaria de/aceita um pouco de café?
Would you like a chocolate?
Você gostaria de/aceita um chocolate?
Would you like some tea?
Você gostaria de/aceita um pouco de chá?

Gostou do nosso material? Então não deixe de curtir e comentar! Abraços a todos e bons estudos! Caso tenho alguma dúvida, basta deixar um comentário abaixo que teremos o maior prazer de responder

14 julho 2022

Interpretação do texto: O jardim secreto

ESCOLA:_________________________________________________DATA:_____/_____/_____

PROF:______________________________________________________TURMA:____________

NOME:________________________________________________________________________

 

Leia com atenção o texto. Depois, responda às questões interpretativas:

 

O jardim secreto

 

No início do século XX, Mary Lennox vive na Índia com os pais, que não lhe dão afeto nem atenção. Uma epidemia de cólera mata o casal, e, seis meses depois, Mary, uma menina de 10 anos apática e sem graça, mimada, voluntariosa, que não sabe amar e não tem amigos, desembarca na Inglaterra para viver com o tio em Yorkshire, na mansão Misselthwaite, uma construção sombria e labiríntica com mais de cem quartos.

Deslocada e assustada, a menina, sem ter o que fazer, começa a explorar a mansão e seus arredores, cheios de jardins e hortas. Com a curiosidade despertada, descobre que um dos jardins estava trancado havia dez anos e a chave, enterrada não se sabia onde: o tio proibira a entrada de qualquer pessoa. Mary acaba ficando amiga do velho jardineiro e de um passarinho especial, um pintarroxo, que a leva até a chave. E ela pode, finalmente, entrar no jardim.

A narrativa é fluente, e o leitor fica preso à história, ansioso por saber o que vai acontecer. Traz também uma visão extremamente positiva e rica do contato com a terra, da vida simples e dos valores essenciais das pessoas do campo. Impossível não se apaixonar pelas personagens e pela história, publicada em 1911, que faz rir, chorar, sonhar.

 

Autora do livro: Frances Hodgson Burnett. Disponível em: <https://www.amazon.com.br/>.

 

Questão 1 – O texto é:

(     ) um conto.

(     ) uma resenha.

(     ) uma reportagem.

 

Questão 2 – De acordo com o texto, Mary Lennox vai para a Inglaterra viver com o tio, porque:

(     ) ela não tem amigos.

(     ) os pais não são amorosos com ela.

(     ) os pais dela morrem vítima da cólera.

 

Questão 3 – Identifique o trecho em que o autor apresenta a mansão Misselthwaite:

______________________________________________________________________________

 

Questão 4 – Na parte “[...] a menina, sem ter o que fazer, começa a explorar a mansão e seus arredores [...]”, a palavra destacada indica:

(     ) soma.

(     ) oposição.

(     ) alternância.

 

Questão 5 – Segundo o texto, quem leva Mary até a chave do jardim?

(     ) o tio.

(     ) um pintarroxo.

(     ) o velho jardineiro.

 

Questão 6 – Na passagem “E ela pode, finalmente, entrar no jardim.”, o termo grifado expressa:

(     ) lugar.

(     ) modo.

(     ) tempo.

 

Questão 7 – Releia este fragmento:

 

“A narrativa é fluente, e o leitor fica preso à história, ansioso por saber o que vai acontecer.”

 

No fragmento acima, o autor do texto:

(     ) expõe uma opinião.

(     ) descreve um cenário.

(     ) conta um trecho do livro.

 

Questão 8 – Em “Traz também uma visão extremamente positiva e rica do contato com a terra, da vida simples [...]”, o vocábulo sublinhado foi usado para:

(     ) determinar.

(     ) intensificar.

(     ) caracterizar.

 

Questão 9 – No segmento “Impossível não se apaixonar pelas personagens e pela história, publicada em 1911, que faz rir, chorar, sonhar.”, o autor do texto:

(     ) dá uma ordem.

(     ) faz um convite.

(     ) exprime uma dúvida.

 

12 julho 2022

Tempo verbal Past Continuos

O tempo verbal do passado contínuo no inglês


Past continuos

O Past Continuous (passado contínuo) é um dos tempos verbais em inglês que diz respeito a uma ação que estava acontecendo no passado. Ele corresponde às frases no gerúndio do português (verbos com terminação ndoendoindo) como, por exemplo: “ela estava trabalhando na noite passada”, no inglês: “she was working last night”. 



Uma frase no Past Continuous é formada pelo sujeito + verbo “to be” no passado (was/were) + o verbo principal no gerúndio (-ing) + o complemento da fraseÀ frente será apresentado como construir frases neste tempo verbal na afirmativa, negativa e interrogativa. Além disso, serão pontuadas as regras para a construção de cada uma das sentenças.

 

Verbo “to be” no passado



É de fundamental importância entender o verbo "to be" no passado para construir frases no Past Continuous. Veja abaixo a tabela com os pronomes e seus respectivos verbos.



Verbo "to be"

I

Was

You

Were

He

Was

She

Was

It

Was

You

Were

We

Were

They

Were

 

Past continuous: expressões no afirmativo



Como vimos, para construir frases afirmativas deve-se usar a seguinte ordem:

 

Sujeito + passado simples was/were + gerúndio do verbo principal ing + complemento da frase

 

Veja abaixo a tabela com exemplos compostos por frases afirmativas do Past Continuous:

 

Were

They were playing basketball last month

Eles estavam jogando basquetebol mês passado

Was

He was studying English

Ele estava estudando inglês

Was

She was working yesterday morning

Ela estava trabalhando ontem de manhã

Were

You were watching video

Você estava assistindo um vídeo

Were

They were going to the apartment

Eles estavam indo para o apartamento

Was

Olivia was singing

Olívia estava cantando

 

Forma negativa do Past Continuous



Para construir a forma negativa no Past Continuous utiliza-se o was/were acompanhado do auxiliar "not". A expressão pode ser construída formal, com a utilização do “was/were e not” ou informal, na forma contraída (wasn’t ou weren’t). De forma simplificada, a frase negativa do Past Continuous segue a seguinte estrutura:

 

Sujeito + verbo to be no passado + not + complemento da frase

 

Verbo "to be"

Formal

Informal (contraída)

I was not

I wasn’t

You were not

You weren’t

He was not

He wasn’t

She was not

She wasn’t

It was not

It wasn’t

You were not

You weren’t

We were not

We weren’t

They were not

They weren’t

 

 

Observe os exemplos aplicados nas frases:

 

Verbo

Frase negativa

Tradução

Was

Joanne was not sleeping

Joanne não estava dormindo

Was

She was not studying for the test yesterday

Ela não estava estudando para o teste ontem

Were

They were not traveling last month

Eles não estavam viajando mês passado

Was

Polly was not dancing last week

Polly não estava dançando semana passada.

Was

He was not sleeping at afternoon

Ele não estava dormindo à tarde

Were

You were not walking yesterday

Você não estava caminhando ontem

Was

Jessica was not copying Emily test

Jéssica não estava copiando o teste de Emily

Were

They were not going to the apartment

Eles não estavam indo para o apartamento

Was

was not playing soccer

Eu não estava jogando futebol

 

Como criar frase interrogativa no Past Continuous



Para elaborar frases no Past Continuous na interrogativa é necessário usar o verbo "to be" no passado was/were no início da oração. Nesse sentido, temos a seguinte expressão: 



Was/were + sujeito + complemento da frase



Veja a tabela abaixo com os verbos e seus respectivos sujeitos:

 

Frase interrogativa

Was

I…?

Were

You…?

Was

He…?

Was

She…?

Was

It…?

Were

We…?

Were

You…?

Were

They…?

 

Veja abaixo exemplos de aplicações de frases na interrogativa:

 

Verbo

Frase

Tradução

Was

Was James sleeping?

James estava dormindo?

Were

Were you playing video game?

Vocês estavam jogando vídeo game?

Was

Was Oscar studying for the test last night?

Oscar estava estudando para o teste ontem à noite?

Was

Was she working yesterday?

Ela estava trabalhando ontem?

Were

Were they going to the apartment?

Eles estavam indo para o apartamento?

Was

Was Jessica copying Emily test?

Jéssica estava copiando o teste de Emily?

Was

Was he dancing the day before yesterday?

Ele estava dançando anteontem?

Was

Was George walking last week?

George estava caminhando semana passada?

Were

Were you sleeping yesterday morning?

Vocês estavam dormindo ontem de manhã?

 

Síntese do Past Continuous 

 

Em resumo veja como as frases no Past Continuous são construídas:


Frase na afirmativa usa-se:

 

Sujeito + passado simples verbo to be (was/were) + gerúndio do verbo principal ing + complemento

 

Expressão na negativa utiliza-se:

 

Sujeito + verbo to be no passado (was/were) + not + gerúndio do verbo (ing) + complemento;

Ou 

Sujeito + verbo to be no passado wasn’t/weren’t + gerúndio do verbo (ing) + complemento


Frase interrogativa emprega-se a seguinte construção:

Verbo to be no passado (was/were) + sujeito + verbo no gerúndio (ing) + complemento

 

Confira o quadro:

 

Affirmative

Negative

Interrogative

I was

I was not

Was I…?

You were

You were not

Were you…?

He was

He was not

Was he…?

She was

She was not

Was she…?

It was

It was not

Was it…?

We Were

We were not

Were we…?

You Were

You were not

Were you…?

They Were

They were not

Were they…?

 

As diferenças entre o Past Continuous & Simple Past 



Uma das dificuldades dos estudantes de inglês consiste nas dúvidas em relação ao Past Continuous e o Simple Past. Os dois assuntos são muito importantes para o aprendizado da língua e ainda são recorrentes em provas. Por isso, é necessário entendê-los bem. Veja a seguir as diferenças entre os dois. 

 

Simple Past

 

O Simple Past é um tempo verbal em inglês que diz respeito a uma situação ocorrida no passado e que já foi finalizada. Para a construção dessa frase na interrogativa e negativa usa-se o auxiliar “did”. Frases com os verbos regulares recebem no final o “ed”, “d” ou “ied”. 


Veja o exemplo:

She worked the day before yesterday.

Ela trabalhou anteontem.

Past continuous

 

O Past Continuous, por sua vez, é uma ação que estava sendo realizada no passado. Para construir frases nesse tempo verbal é necessário usar o verbo to be no passado (was/were). O verbo principal recebe terminação “ing”.  Veja o exemplo: 



He was studying Spanish.

Ele estava estudando espanhol.



Agora que você já sabe as diferenças, a dica é praticar com exercícios. Como esses assuntos estão sempre presentes nas provas de vestibulares, é fundamental não confundi-los. Para isso, também é bom saber como anda o seu conhecimento em relações aos outros tempos verbais. Faça o teste de inglês do Educa Mais Brasil e descubra seu nível de aprendizado na língua.

Pratique agora!

Fonte:  Educa Mais Brasil

Past Continuous - Inglês Enem | Educa Mais Brasil